Projeto: (Re)lendo Harry Potter

Se você gosta de Harry Potter e por acaso nunca leu os livros ou se como eu você é apaixonada por Harry Potter, tem os livros mas ainda não teve oportunidade de ler, eu te convido a participar do projeto (Re)lendo Harry Potter.

Todo mês vamos ler um livro da fantástica saga com direito a um Hangout no final do mesmo para discussão do livro.

O mês de maio será dedicado à leitura de Harry Potter e a Pedra Filosofal. O Hangout será no dia 23 de maio às 21 horas (no canal Ultraviolet).

O projeto é organizado pela Gleice Couto, do canal Ultraviolet, e terá participação dos booktubers Victor Almeida, do canal Geek Freak, Maria Angélica, do canal Vamos Ler, e Vitor Martins, do canal Vitor Martins.

Para mais informações visite o evento no facebook aqui, e assista o vídeo do Geek Freak aqui.

Proibido

“Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa?”

Nesse romance/ficcção conhecemos Lochan, Maya, Kit, Tiffin e Willa, que foram abandonados pelo pai e tem uma mãe que sempre chega em casa bêbada, passa noites fora com seu chefe e namorado, Dave, pouco sem importa com as tarefas domésticas e é cada vez menos presente.

Lochan, solitário e com um grande bloqueio para se socializar com outras pessoas, e Maya, uma menina bondosa e de grande coração, lutam a cada dia para conciliar os estudos com seus papéis de “pais” em casa para cuidar dos mais novos. Kit tem treze anos e um comportamento difícil de se lidar e agressivo. Tiffin e Willa, os mais novos, não tem consciência da situação mas sentem muita falta da mãe.

Com uma rotina pesada de estudos, cuidados com a casa, levar os irmãos a escola, dar comida e colocá-los para dormir, Lochan e Maya vivem exautos. Mas um dia quando sua mãe aparece em casa e leva os três menores para o cinema, uma dança e um movimento em falso acaba despertando e abrindo os olhos para um sentimento que sempre esteve presente em seus corações mas nunca fora revelado. E assim eles começam a viver um amor Proibido.

“Não há leis nem limites para sentimentos. Nós podemos nos amar tanto e tão profundamente quanto quisermos. E ninguém, Maya, ninguém vai poder jamais tirar isso de nós.”

O tema abordado era de total desconhecimento para mim e foi uma grande surpresa ler sobre o escândalo que é o incesto. Um livro denso e que nos deixa divididos entre o grande amor de duas pessoas que acidentalmente são irmãos de sangue, o que a sociedade pensa sobre isso e a lei que proíbe esse tipo de relação.

O livro é bem escrito e aborda o tema de modo sutil. Tem sua narrativa alternada entre Lochan e Maya, o que nos deixa cientes de todos seus pensamentos conflituosos ou não e nos apresenta bem seus pontos de vista sobre as situações. Fica bem claro que eles são um casal muito apaixonado e que juntos fazem tudo funcionar e dar certo. Em alguns momentos cheguei até me deixar levar e esquecer de toda a polêmica por traz do amor que existe entre eles e torcer fielmente pela felicidade deles.

A leitura é muito fluida e manteve presa até a metade, depois disso ela começou a ficar um pouco arrastada e com isso perdi um pouco do interesse pela história. Mas fiquei surpresa com o desfecho da história e totalmente chocada (e um pouco abalada, confesso) com o final. Indico a leitura, mas não é um tema que eu leria novamente.

Editora: Valentina
Autor(a): Tabitha Suzuma
Páginas: 304
Nota: 4 estrelas

 

Maratona 24 Horas (x2) | TBR

Olá, pessoal! Hoje vim contar sobre uma maratona literária que vai acontecer nos dias 25 e 26 de Abril, esse fim de semana. Você pode ter achado o nome estranho, porque se é uma maratona de 24 horas, vezes dois, porque não chamar de maratona 48 horas, não é mesmo? É aí, onde você descobre que, na verdade, essa é uma maratona totalmente diferente! Ela foi criada pelo Vitor Martins, do canal Vitor Martins, e pelo Vitor Almeida, do canal Geek Freak. Ela também conta com a parceria das editoras: Aleph, DarkSide Books, Companhia das Letras, Galera e Grupo Editorial Record.

Para mais informações e para ficar por dentro de tudo o que vai acontecer na maratona, acesse a página do Facebook aqui!

Para se inscrever e também participar da maratona, acesse o formulário de inscrição aqui!

TBR – Maratona Literária 24 Horas (x2)

Para a maratona, eu separei cinco livros:

1. Princesa Sob Os Refletores, Meg Cabot;

2. Princesa Apaixonada, Meg Cabot;

3. Os Livros da Magia –  Encantos, Carla Jablonski;

4. Proibido, Tabitha Suzuma;

5. Morte Súbita, J. K. Rowling.

Isso mesmo, sei que pode parecer muito mas coloquei uma meta alta para tentar ser uma participante assídua e também para testar meus limites como leitora dentro do possível. Eu pretendo acabar o livro de número 1 (que é minha leitura atual), ler os livros de número 2, 3 e 4, e para acabar, começar o livro de número 5.

E vocês, vão participar da maratona?

Especial: Meus Livros Infantis

Hoje, 18 de Abril, se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil, e em homenagem a esse dia MUITO importante eu vim mostrar alguns dos livros infantis que eu tenho na estante e que eu adoro!

Diário de um Banana

Já pensou como pode ser difícil sobreviver na escola? Com os diários de Greg Heffley, que na verdade ele chama de livros de memórias e não diários, descobrimos tudo o que acontece em sua escola, como ele acha seu melhor amigo um bobo, as vezes, como seu irmão mais novo sempre leva a melhor e muito mais.

Já tive a oportunidade de ler três volumes da série e mal posso esperar para conseguir ler os próximos. Eles são escritos em forma de diário, com muitos desenhos em forma de representação dos acontecimentos.

De um volume da série para o outro, podemos acompanhar o crescimento de Greg e como ele lida com os problemas de uma forma diferente do que esperamos. Bem fáceis e de rápida leitura, se você procura um livro para passar o tempo, essa série é a certa!

O Encafronhador de Trombilácios

Você deve estar se perguntando o que é um Encafronhador de Trombilácios, não é?

Voltando para casa de ônibus, com sua irmã mais velha, Théo se depara com um anúncio em um poste da rua e fica interessado em saber o que seria isso. Como seu pai está desempregado a meses e não consegue arrumar um emprego, Théo e sua irmã conseguem convencer seu pai a visitar o seu Nerdínio para tentar conseguir o emprego. O que eles não esperavam é que isso abriria portar para um lugar fascinante e cheio de palavras novas e divertidas.

Um livro muito fofo que me surpreendeu por ser de uma autora brasileira, Rosana Rios.

Querido Diário Otário

Conheça os diários de Jamie Kelly, onde tudo o que ela escreve é verdadeiro ou, pelo menos, tão verdadeiro quanto ela acha que têm que ser. 

Jamie mora com seu pai, sua mãe que é uma péssima cozinheira, seu irmão mais novo que sempre leva a melhor, e Fedido, seu beagle. Ela estuda com sua melhor amiga, Isabella, e sua arque inimiga, Angelina.

Querido Diário Otário, além de ser uma aventura garantida, com risadas, planos do mal, ideias de outro mundo e muitas trapalhadas, é uma série da qual eu venho falar com muito orgulho, pois foi ela que abriu as portas do mundo da leitura para mim.

Hora de Aventura – Marceline e as Rainhas do Grito

Se você gosta do desenho Hora de Aventura, você vai adorar esse aqui!

A Panini Books começou a lançar em fevereiro uma série especial de histórias em quadrinhos direcionada as personagens Marceline e Princesa Jujuba.

No primeiro volume, acompanhamos Marceline e sua banda As Rainhas do Grito em uma turnê pelas Terras de Ooo, com a companhia da Princesa Jujuba. Além da história principal, a HQ vem com outros curtas também sobre as personagens.

Mau posso esperar para ter os outros volumes.

Esses foram alguns dos livros (e história em quadrinhos) da minha estante que são voltadas a um público mais infantil, mas que não deixam de ser ótimas experiências de leitura.

E você, tem algum livro infantil aí do qual você não consegue se desapegar? Espero que tenham gostado. Beijo.

Assistidos do Mês (Março)

Para continuar com toda energia e atualizar os Assistidos do Mês, hoje vim mostrar e falar um pouco sobre os filmes que vi no mês de Março. Foi um ótimo mês, com apenas um contradizendo a lista de boas escolhas de filmes.

Filmes assistidos em Março:

FotorCreated1

1. “Whiplash – Em Busca da Perfeição”, Damien Chazelle (2014) – 106 minutos

Nota: 5/5

“O solitário Andrew é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher, Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental.”

Comentários: Um filme surpreendente, mesmo que você não goste de bateria (instrumento), sugiro que pare tudo o que você está fazendo e assista a esse filme. Ele nos envolve de uma maneira onde tudo o que se espera é que o personagem se esforço cada vez mais para conseguir o que quer. Um ótimo exemplo de que não devemos desistir do que queremos e que com dedicação e determinação podemos alcançar nossos sonhos.

2. “Mesmo se Nada Der Certo (Begin Again)”, John Carney (2013) – 104 minutos

Nota: 5/5 – Favoritado

“Gretta e Dave são namorados de longa data e parceiros na composição de músicas. Quando ele consegue um contrato com uma grande gravadora em Nova York acaba deixando tudo para trás, inclusive Greta. Mas a vida da jovem tem uma nova virada quando ela conhece Dan, um produtor musical falido que a vê cantando em um bar e se encanta com seu talento.”

Comentários: Ok, confesso que uma parte da expectativa em assistir a esse filme era por ele ter a participação ninguém, ninguém menos que Adam Levine. Felizmente toda essa ansiedade foi compensada e eu me apaixonei não só pela história do filme mas por sua trilha sonora também! Coloquei ele na minha lista de filmes favoritos.

3. “Debi & Lóide 2”, Bobby Farrelly & Peter Farrelly (2014) – 110 minutos

Nota: 4/5

“Mais nova aventura dos inseparáveis Lloyd Christmas e Harry Dunne. Desta vez, Harry descobre que teve uma filha ilegítima, que hoje precisa dele para um transplante de rim. Ele leva o amigo Lloyd para conhecer a garota, e os dois percebem que não têm a responsabilidade necessária para serem pais.”

Comentários: Tenho que dizer que comecei a ver esse filme e parei por não ter gostado. Mas alguns dias depois resolvi dar outra chance e, meu Deus! Foram só risadas. Ainda não assisti o primeiro filme mas isso não foi problema. Risadas garantidas com essa dupla de trapalhões.

4. “Pequena Miss Sunshine”, Jonathan Dayton & Valerie Faris (2006) – 102 minutos

Nota: 4/5

“Nenhuma família é verdadeiramente normal, mas a família Hoover extrapola. O pai desenvolveu um método de auto-ajuda que é um fracasso, o filho mais velho fez voto de silêncio, o cunhado é um professor suicida e o avô foi expulso de uma casa de repouso por usar heroína. Nada funciona para o clã, até que a filha caçula, a desajeitada Olive, é convidada para participar de um concurso de beleza para meninas pré-adolescentes. Durante três dias eles deixam todas as suas diferenças de lado e se unem para atravessar o país numa kombi amarela enferrujada.”

Comentários: Já havia ouvido falar do filme mas por não saber do que se tratava não tinha dado atenção, até que finalmente assisti. Com uma família fora do comum, acompanhamos toda a luta de Oliver e sua família para termos uma lição de que beleza não é tudo e que seu apoio é muito importante!

 

5. “Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo” , Bennett Miller (2014) – 128 minutos

Nota: 1/5

“Campeão olímpico de luta greco-romana, Mark Schultz sempre treinou com seu irmão mais velho, David, que é também uma lenda no esporte. Até que, um dia, recebe um convite para visitar o milionário John du Pont em sua mansão. Apaixonado pelo esporte, du Pont oferece a Mark que entre em sua própria equipe, a Foxcatcher, onde teria todas as condições necessárias para se aprimorar. Atraído pelo salário e as condições de vida oferecidas, Mark aceita a proposta e, assim, se muda para uma casa na propriedade do milionário. Aos poucos eles se tornam amigos, mas a difícil personalidade de du Pont faz com que Mark acabe seguindo uma trilha perigosa para um atleta.”

Comentários: Sabe quando você cria toda aquela expectativa porque o filme foi indicado ao Oscar? Pois é… O filme tem a história confusa e se arrasta um pouco para que as coisas aconteçam. Apesar do ótimo elenco, deixou muito a desejar.

Assistidos do Mês (Fevereiro)

Hoje eu venho falar sobre os filmes assistidos no mês de Fevereiro. Assisti mais filmes do que o esperado que trouxeram boas experiências, mas algumas nem tão boas assim. Vamos lá, então!

Filmes assistidos em Fevereiro:

FotorCreated

1. “Interestelar”, Christopher Nolan (2014) – 168 minutos

Nota: 3/5

“Após ver a Terra consumindo boa parte de suas reservas naturais, um grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas para receberem a população mundial, possibilitando a continuação da espécie. Cooper é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que pode nunca mais ver os filhos. Ao lado de Brand, Jenkins e Doyle, ele seguirá em busca de uma nova casa. Com o passar dos anos, sua filha Murph investirá numa própria jornada para também tentar salvar a população do planeta.”

Comentários: Me agradou o assunto abordado no filme. Fiquei confusa com os acontecimentos no decorrer da história e não gostei do final, ficou muito fantasioso e perdeu o encanto que havia no começo do filme.

2. “John Wick (De Volta ao Jogo)”, Chad Stahelski (2014) – 101 minutos

Nota: 3/5

“John Wick é homem solitário que perdeu tudo na vida. Um assassino de aluguel aposentado, Wick é forçado a voltar ao jogo e enfrentar a máfia.”

 Comentários: Apesar de ser mais um daqueles filmes onde o protagonista perde tudo e volta para se vingar, com aquelas cenas onde você prevê que ele pode morrer mas nada de ruim acontece a ele, eu gostei muito do filme. Ação do começo ao fim e o filme nos prende sempre ansiando pelo que vai acontecer.

3. “Para Sempre Alice”, Richard Glatzer & Wash Westmorelan (2014) – 101 minutos

Nota: 5/5

“Alice Howland, uma bem-casada mãe de três filhos adultos, é uma renomada professora de linguística, que começa a esquecer as palavras. Ao receber um diagnóstico devastador de Mal de Alzheimer, Alice e sua família terão seus laços testados.”

Comentários: Um filme tocante, que nos faz pensar na vida e em como devemos aproveitá-la ao máximo possível pois nunca sabemos o que pode acontecer. Ganhador do Oscar de melhor atriz, Julianne Moore, fez por merecer com uma atuação impecável.

4. “Universidade Monstros”, Dan Scanlo (2013) – 99 minutos

Nota: 4/5

“Desde que era só um monstrinho, Mike Wazowski, agora a caminho da universidade, sonha em se tornar um Assustador. E ele sabe melhor do que ninguém que os melhores Assustadores estudam na Universidade Monstros. Mas durante o primeiro semestre na UM, os planos de Mike saem dos trilhos quando seu caminho cruza com o do sabichão James P. Sullivan, “Sulley”, um Assustador nato. O espírito competitivo fora de controle da dupla os leva a serem expulsos do programa de assustadores de elite da universidade. Com seus sonhos temporariamente destruídos, eles percebem que terão que se unir e trabalhar com um estranho e rejeitado grupo de monstros se quiserem ter alguma esperança de acertar as coisas.”

Comentários: Aqui, conhecemos a história de como começou a grande amizade de Mike e Sullivan, como se conheceram, como eram na faculdade e todas as aventuras que tiveram nela. No começo não fiquei muito empolgada, apesar de adorar filmes de desenho, mas acabou me conquistando e a história se encaminha para um final legal e inesperado.

5. “Cinquenta Tons de Cinza”, San Taylor-Johnson (2015) – 125 minutos

Nota: 1/5

“Quando a estudante de literatura Anastasia Steele entrevista o jovem bilionário Christian Grey, como um favor a sua colega de quarto Kate Kavanagh, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que o deseja e que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Christian admite que também a deseja, mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família — ele é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Ao embarcar num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.”

Comentários: O que dizer sobre esse filme? Com os livros tendo tanta fama, as fãs clamando pelo filme e todos os comentários que ouvi de como ele era diferente de tudo, fui ao cinema assistir com uma expectativa altíssima e no final das contas? … Bom, não vi nada demais no filme, chegando a achar algumas partes bem chatas e paradas. O filme não me cativou e me fez ter menos vontade ainda de ler a trilogia.

6. “Invencível”, Angelina Jolie (2014) – 137 minutos

Nota: 5/5

“O drama retrata a história real do atleta olímpico Louis Zamperini, que sofre um acidente de avião, e cai em pleno mar. Ele luta durante 47 dias para reencontrar a terra firme, e quando consegue, é capturado pelos japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.”

Comentários: Uma lição de vida. Conhecemos a história do atleta Louis e todas as dificuldades que ele enfrentou, sem fraquejar, para sobreviver ao confinamento em um acampamento liderado pelos japoneses na Segunda Guerra. Angelina dirigiu muito bem o filme. Cenas chocantes de como eram as punições. E saber que ele foi baseado em uma história real deixou tudo muito mais rico.